Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques


Newsletter





Walking tour: novas experiências no passeio turístico
A Agência de Notícias do Turismo mostra que desbravar os destinos em passeios a pé é uma tendência já encontrada em cidades brasileiras

Os walking tours são uma forma de fazer turismo que aproxima o viajante dos atrativos culturais e naturais no destino escolhido, permitindo uma imersão na cultura local. O conceito, que tem crescido nos últimos anos, prevê a realização de passeios turísticos a pé, possibilitando ao turista uma experiência completa. Os roteiros guiados reúnem grupos de visitantes para a realização de roteiros que revelam o patrimônio histórico e a beleza dos cenários naturais.

A dinâmica é diferente do conceito tradicional, uma vez que o turista precisa se deslocar até um ponto de encontro. Geralmente, o lugar escolhido está próximo de outras atrações previstas no roteiro. A nova forma de fazer turismo foi criada em 2004, em Berlim, e já está presente em vários países. No Brasil é possível encontrar passeios em São Paulo, em Paraty, Porto Alegre, Salvador e Rio de Janeiro. Não há preço determinado para a atividade, mas ao final do trajeto é sugerida uma gorjeta e cabe ao visitante a decisão de pagar.

São Paulo foi a primeira cidade do país a contar com a iniciativa. Desde que começou a oferecer os passeios ao público geral, em 2012, a São Paulo Free Walking Tour já atendeu cerca de 40 mil turistas. A empresa que oferece três opções de passeios: Old Downtown tour: pela parte histórica, Paulista Ave tour: pelo centro moderno e o Vila Madalena: grafites e arte urbana. Todos os roteiros - feitos em inglês - contam com guias bilíngues cadastrados no Cadastur, sistema do Ministério do Turismo obrigatório para quem atua no setor.

“Esse é um conceito cada vez mais comum no mundo, uma alternativa ao passeio turístico tradicional e que atende ao perfil de um turista que quer ser cada vez mais independente, que deseja ter a sensação de desbravar novos destinos”, explica Rafael Freitas, um dos idealizadores do projeto na capital paulista. E os retornos não podiam ser melhores “Ao final dos passeios temos uma excelente resposta dos participantes que conhecem melhor a cidade e criam laços de amizade entre si. Acredito que está é uma iniciativa que contribui positivamente para o turismo em São Paulo”, conclui.

Os walking tours são uma forma de fazer turismo que aproxima o viajante dos atrativos culturais e naturais no destino escolhido, permitindo uma imersão na cultura local. O conceito, que tem crescido nos últimos anos, prevê a realização de passeios turísticos a pé, possibilitando ao turista uma experiência completa. Os roteiros guiados reúnem grupos de visitantes para a realização de roteiros que revelam o patrimônio histórico e a beleza dos cenários naturais.

A dinâmica é diferente do conceito tradicional, uma vez que o turista precisa se deslocar até um ponto de encontro. Geralmente, o lugar escolhido está próximo de outras atrações previstas no roteiro. A nova forma de fazer turismo foi criada em 2004, em Berlim, e já está presente em vários países. No Brasil é possível encontrar passeios em São Paulo, em Paraty, Porto Alegre, Salvador e Rio de Janeiro. Não há preço determinado para a atividade, mas ao final do trajeto é sugerida uma gorjeta e cabe ao visitante a decisão de pagar.

São Paulo foi a primeira cidade do país a contar com a iniciativa. Desde que começou a oferecer os passeios ao público geral, em 2012, a São Paulo Free Walking Tour já atendeu cerca de 40 mil turistas. A empresa que oferece três opções de passeios: Old Downtown tour: pela parte histórica, Paulista Ave tour: pelo centro moderno e o Vila Madalena: grafites e arte urbana. Todos os roteiros - feitos em inglês - contam com guias bilíngues cadastrados no Cadastur, sistema do Ministério do Turismo obrigatório para quem atua no setor.

“Esse é um conceito cada vez mais comum no mundo, uma alternativa ao passeio turístico tradicional e que atende ao perfil de um turista que quer ser cada vez mais independente, que deseja ter a sensação de desbravar novos destinos”, explica Rafael Freitas, um dos idealizadores do projeto na capital paulista. E os retornos não podiam ser melhores “Ao final dos passeios temos uma excelente resposta dos participantes que conhecem melhor a cidade e criam laços de amizade entre si. Acredito que está é uma iniciativa que contribui positivamente para o turismo em São Paulo”, conclui.


Fonte: http://www.turismo.gov.br


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA