Cadastrar
Esqueci minha senha
Usuário: Senha:
Logar
Você pode utilizar nossa busca por palavra chave ou utilizar os critérios ao lado para obter uma listagem.

Buscar
Buscar
Selecione o Estado Categoria


GASTRONOMIAHOSPEDAGEMINFORMAÇÕES ÚTEIS
Selecione a Cidade Sub-Categoria


Destaques

Em Breve!

Newsletter





Salvador receberá R$ 740 mi para se tornar capital cultural
A cidade de Salvador deve ganhar outra cara nos próximos cinco anos. A capital baiana está próxima de receber um aporte de US$ 105 milhões, com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para colocar em prática o Programa de Desenvolvimento Regional, o Prodetur Nacional Bahia, a fim de investir no Turismo local.

Além disso, deve acumular mais US$ 121 milhões em uma parceria com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) para melhorar a infraestrutura, o saneamento e a implementação de wi-fi em alguns pontos da cidade. O segmento será impactado com a construção do Museu da Música, que tem estimados investimentos de R$ 76 milhões.

Em cifras brasileiras, o total de dinheiro injetado em Salvador se aproxima de cerca de R$ 740 milhões. O dinheiro injetado será dividido em 50% pela prefeitura e 50% pelos bancos.

À reportagem, o coordenador geral do Prodetur, Érico Mendonça, antigo secretário de Turismo, com mais de 40 anos de experiência, disse que os detalhes do programa estão quase concluídos. “O projeto está em fase final e deve ser aprovado pelo Senado em Brasília. No início de fevereiro, quando a Casa retomar as atividades, devemos estar próximos da autorização”, relatou.

O dinheiro será injetado para colocar a capital baiana no mapa das cidades culturais e de lazer. A revitalização da orla norte, que compreende as praias Stella Maris e Flamengo, é um dos pontos principais. Concebido como Costa do Itapuã, o projeto, como dizem os detalhes iniciais, irá abrigar hotéis à beira da areia em um parque, como disse o presidente da Salvador Destination, Paulo Gaudenzi.

Atualmente existem três resorts nessa área – Gran Hotel Stella Mars, Catussaba Resorts e Catussaba Suítes. Segundo ele, essa região pode ganhar mais quatro novos empreendimentos com os novos investimentos. “O trade tem sido favorável às mudanças e discutidos sobre os assuntos”, pontuou.


DivulgaçãoÉrico Mendonça, ao centro, foi homenageado ontem (27) com um almoço promovido pelo Conselho Baiano de Turismo, o CBTur
Érico Mendonça, ao centro, foi homenageado ontem (27) com um almoço promovido pelo Conselho Baiano de Turismo, o CBTur
A Avenida Sete de Setembro, que liga Campo Grande à Praça Castro Alves, será recuperada, segundo adiantou Mendonça. As calçadas serão ampliadas com o intuito de trazer mais opções de lazer, a fiação elétrica será subterrânea e a pavimentação será refeita, como prevê o projeto. A via, que completou 100 anos em 2016, deve estar completada em três anos a partir do início das obras.

MUSEUS
Como o polo cultural que busca ser, Salvador ganhará a Museu Casa da História de Salvador, que será feita no Casarão do Comércio, prédio tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Em anexo, será criado, em um ambiente novo, o Arquivo Público da Cidade. “Temos documentos com mais de 300 anos de história.”

Dependendo da aprovação da Secretaria de Assuntos Internacionais (SAIN), o financiamento de US$ 121 milhões do CAF pode sair em abril. A construção do Museu da Música, que será feita em um prédio em ruínas, reunirá a história do estilo interligada com a importância dos ritmos baianos à cultura nacional, desde o axé, a tropicália, o samba até a bossa nova. “Se tudo correr bem, as obras devem iniciar em 2018”, disse Mendonça.

Com todos os investimentos previstos para a cidade, o centro de convenções e o aeroporto de Salvador – que são competências do Estado – ficaram de fora das
melhorias.

ALÉM DO SOL E MAR

“Estamos investindo de maneira adequada para fazer de Salvador não apenas um destino de praia. Será o segmento cultural que vai dar um novo caminho com a criação de espaços de convívio entre os habitantes e os turistas. Daqui a cinco anos, vamos ter uma posição de destaque em cultura”, finalizou Érico Mendonça.


Fonte: Panrotas


Selos

Turismo Agora - informações turisticas pelo fone: (53) 3228-3819.
Tire suas dúvidas rapidamente com nosso atendimento online 24 horas por dia.

Termos e condições de uso

Copyright © 2008 TRACKDATA